Monday, August 17, 2015

Fim de festa



Na mesma rua todas as noites aquele olhar felino a seguia.
Uma sombra de dúvidas povoava sua mente.Seria de carinho ou desprezo aquele olhar?
Um misto de paz e amargura tomava conta de seu peito quando passava por ele.Sempre tentando não encará-lo.Mas uma espécie de ímã a levava a encontrar o seu olhar.Nuvens percorriam o céu prenunciando um terrível temporal.Era uma noite especial para todas as famílias da aldeia.Noite de festejos e encantos.E aquela mulher solitária perdeu-se da sua família há bem mais de trinta anos.O Natal era a noite mais difícil de todo o ano.Ela fechou os olhos a imaginar que aquele felino seria o único a compartilhar da sua solidão.Choveu bem antes nos seus olhos.E resolveu atravessar a rua pela última vez.